Durante flutuação, turistas avistam onça parda bebendo água no rio e se encantam

Últimas Notícias

Uma cena inusitada chamou a atenção de um grupo de turistas durante o passeio de flutuação no Recanto Ecológico Rio da Prata, em Jardim, nesta terça-feira (27). Uma onça parda resolveu presenteá-los com sua aparição, bebendo água as margens do rio, enquanto o grupo flutuava.

A experiencia foi compartilhada pela guia de turismo Clara, que acompanhava o grupo. “Avistamos hoje uma onça-parda parda bebendo água, cerca de 200 metros após o trecho da corredeira. Foi incrível”.

Conforme divulgação do atrativo, a onça foi avistada logo após o trecho da corredeira e deixou os visitantes encantados. As armadilhas fotográficas instaladas no local conseguiram captar uma imagem do felino, porém na mata, não as margens do rio.

A Reserva Particular do Patrimônio Natural – RPPN – Cabeceira do Prata, onde ocorre o passeio de trilha e flutuação do Recanto Ecológico Rio da Prata, é um local de grande biodiversidade e credenciada para receber a soltura de animais silvestres provenientes do Centro de Reabilitação de Animais Silvestres de Mato Grosso do Sul (CRAS) desde 1996.

Desde então, o atrativo já recebeu diversas solturas entre eles: anta; tamanduá-bandeira; jacaré-do-papo-amarelo; jabuti; onça-parda; tucano; maritaca; veado-campeiro; gavião carijó e capivara. Em 2014, o CRAS realizou pela primeira vez na região a soltura de um lobo-guará, feito de extrema importância pois mostra que o ambiente da RPPN Cabeceira do Prata se encontra em perfeitas condições para receber animais deste porte.

Vale ressaltar que a onça-parda avistada na última terça-feira pode ser o exemplar que foi solto pelo CRAS, assim como pode ser outras existentes na área, já flagradas pelas armadilhas fotográficas instaladas no local.

PATROCINADO

Notícias Relacionadas

Fundtur dobra o valor para eventos geradores de fluxo turístico

A Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (Fundtur) lançou dois editais para fomento de eventos geradores de...