Ao anunciar candidatura independente à presidência do Senado, Simone Tebet fala sobre deixar o MDB

Últimas Notícias

Durante a entrevista em que anunciou a independência de sua candidatura à presidência do Senado, a senadora Simone Tebet (MDB-MS) falou da possibilidade de deixar o MDB. “Eu não posso dizer, neste momento, da minha permanência ou não. Hoje eu sou MDB, quero continuar no MDB, se a partir de março eu continuarei, o tempo dirá”, disse a senadora, lembrando que essa decisão deve levar em consideração os seus compromissos regionais.

Simone anunciou a candidatura avulsa por não ter obtido unanimidade, dentro da bancada emedebista, no apoio ao seu nome para a eleição da Mesa Diretora do Senado.

Senadores emedebistas estariam negociando cargos com o candidato do Planalto à presidência do Senado, senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

“A independência do Senado Federal está comprometida porque temos um candidato oficial do governo federal”, acusou Simone Tebet ao se contrapor a seu adversário.

A eleição do senado acontece na tarde da próxima segunda-feira, 01 de fevereiro.

Depois da entrevista, Simone recebeu um manifesto do movimento negro apoiando sua candidatura.

Notícias Relacionadas

A convite de vereador, Bolsonaro deve vir a Bonito no próximo mês

O Presidente Jair Bolsonaro deve participar da programação do aniversário dos 73 anos de Bonito (MS). A informação foi...