Nioaque: Valdir Junior se reúne com ministro da Saúde para tratar da covid-19 em MS

Últimas Notícias

O prefeito de Nioaque e presidente da Assomaul (Associação de Municípios de Mato Grosso do Sul), Valdir Junior (PSDB) participou de videoconferência com o ministro da saúde, Eduardo Pazuello, nesta quarta, 3. No encontro o ministro garantiu que o Governo Federal vai cumprir o Plano Nacional de Imunização (PNI).

Durante o encontro, Pazuello, disse também que pretende fechar ainda  nesta quarta, a compra da vacina da Pfizer. O ministro não informou quantas doses do laboratório devem ser compradas. Em apresentações recentes a prefeitos e governadores, Pazuello disse que a negociação seria por 100 milhões de doses, mas com a entrega de uma primeira parcela de 8,71 milhões de doses em julho. O restante, entre outubro e dezembro.

Os prefeitos de Mato Grosso do Sul estão preocupados com especulações sobre a compra de vacinas no país. A Câmara dos Deputados aprovou na terça, 2, o projeto de lei que autoriza estados, municípios e o setor privado a comprar vacinas contra a covid-19 com registro ou autorização temporária de uso no Brasil. No caso do setor privado, as doses devem ser integralmente doadas ao Sistema Público de Saúde (SUS) enquanto o público prioritário não tiver sido todo vacinado. A matéria segue para sanção presidencial.

“Os prefeitos pediram para que o Ministério da Saúde emita uma nota para esclarecer sobre a compra de vacinas”, explicou Valdir Junior, ao fim da reunião.

“Foi uma reunião muito produtiva, em que o ministro garantiu em todos os aspectos que o Governo Federal irá cumprir o Plano Nacional de Imunização, e acaba com qualquer especulação sobre compras das vacinas”, finalizou o prefeito de Nioaque.

Notícias Relacionadas

Na reta final, Vanda Camilo lidera disputa pela Prefeitura de Sidrolândia, diz Sensor

A prefeita interina de Sidrolândia, Vanda Camilo (PP) chega às vésperas da eleição suplementar para a Prefeitura da cidade...