Operação “Paraíso Marcado” cumpre 52 mandados de busca, apreensão e prisão em Bonito

Últimas Notícias

O Ministério Público de Mato Grosso do Sul, por meio do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO), deflagrou, nesta quinta-feira (15/12), a Operação “Paraíso Marcado”, para o cumprimento de 52 mandados destinados a buscas e apreensões e prisões temporárias, expedidos pelo Poder Judiciário da comarca de Bonito e pela Vara da Justiça Militar Estadual.

A investigação tem por finalidade desmantelar organização criminosa estabelecida há vários anos na cidade de Bonito e região, voltada especialmente ao tráfico de drogas, ao comércio ilegal de armas de fogo e à lavagem de dinheiro, entre outros delitos.

A equipe do GAECO/MPMS contou com o apoio da Corregedoria da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul, além de equipes do Departamento de Operações de Fronteira (DOF), do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) e do Batalhão de Choque, atuando em 7 municípios: Dourados, Bonito, Jardim, Guia Lopes da Laguna, Campo Grande, Porto Murtinho e Ponta Porã.

Durante a manhã, foram efetuadas apreensões de entorpecentes como maconha, pasta-base de cocaína, joias e dinheiro, além de grande quantidade de armas e munições, que resultaram até o momento em 8 prisões em flagrante.

O nome “Paraíso Marcado” se refere ao local escolhido pelo líder da organização criminosa para fixação de sua residência e da base para estruturação de suas atividades ilícitas, no caso, a cidade turística de Bonito, e ao fato de que ele tem por costume marcar suas propriedades e bens com insígnia personalizada contendo as iniciais do seu nome.

Texto e fotos: GAECO/MPMS

Notícias Relacionadas

Bonito está sob alerta de chuvas intensas até às 18 horas de terça-feira

A Capital do Ecoturismo de Mato Grosso do Sul está sob alerta de chuvas intensas, entre 30 e 60...