Retrospectiva: Investimentos estaduais somam mais de R$ 300 milhões com destaque para pavimentação de rodovias

Últimas Notícias

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul é o principal parceiro do município, quando o assunto é investimento em obras e em 2022, duas rodovias emblemáticas e estruturantes para o município receberam atenção especial. A MS-345, que liga Bonito ao Distrito Águas do Miranda; e a Rodovia do Turismo, rota de acesso a diversos atrativos, banhados principalmente pelo Rio Formoso, estão recebendo drenagem e pavimentação.

A MS-345, também conhecida como Estrada do 21, vai ligar Bonito ao distrito Águas do Miranda, polo do turismo de pesca na região, e vai diminuir a distância entre a Capital do Estado e a do Ecoturismo em até 70 km (ida e volta). O trecho, de 100 Km, saindo de Bonito até a BR-419 (Anastácio-Nioaque), vai receber 14 pontes de concreto, sendo que 11 delas, localizadas nos lotes 3 e 4, que tem a empresa Via Magna como responsável pela execução, já estão concluídas. A partir de agora, as obras de pavimentação devem ganhar novo ritmo. (Saiba mais).

Com 50% concluída, a obra de pavimentação da Rodovia do Turismo terá 9,73 km, ampliando a infraestrutura de acesso aos principais atrativos do maior destino de ecoturismo do Brasil. A previsão é que a obra seja totalmente concluída em março de 2023, segundo a empreiteira Via Magna. Os serviços complementares de terraplenagem avançam e serão finalizados em fevereiro do próximo ano. Com o licenciamento concedido pelo Imasul (Instituto do Meio Ambiente de MS), começa de imediato a construção das pontes de concreto sobre o Córrego Bonito e o Rio Formoso, de 20 metros e 45 metros, respectivamente. (Saiba mais)

Outra rodovia, que também teve as obras de pavimentação anunciadas em 2022 foi a MS-382, mais conhecida como Frida Garzella dos Santos. O Governo do Estado, por meio da Agência Estadual de Gestão e Empreendimentos (Agesul) divulgou o extrato de contrato com a Empresa Via Magna Infraestrutura LTDA para a pavimentação de 15,72 km da MS-382, trecho entre a Gruta do Lago Azul e o entroncamento coma MS-339 (região da Baia das Garças). A empresa tem até 300 dias – 10 meses – para executar a obra, contados a partir da ordem de serviço, a obra vai custar valor de R$ 32 milhões.

A melhoria na MS-382 já vem desde a restauração do pavimento entre Guia Lopes da Laguna e Bonito. A rodovia é o principal acesso à cidade turística para quem vem de Campo Grande. Na restauração desse trecho que compreende mais de 50 km, o Governo do Estado investe R$ 50,2 milhões.

Retrospectiva: Investimentos estaduais somam mais de R$ 300 milhões com destaque para pavimentação de rodovias
Foto: Edemir Rodrigues/Arquivo

Além do asfalto, o Governo do Estado também foi parceiro na melhoria de estradas vicinais do município, com investimentos que totalizada R$ 1.720 milhão para levantamento da pista, cascalhamento e ações de preservação da água e solo, com abertura de caixa de retenção de águas pluviais nas estradas de acesso aos assentamentos Pé de Cedro, Girassol e São José, bem como a atrativos turísticos, como a Estância Mimosa e a estrada de acesso ao Aterro Sanitário, até as proximidades da Fazenda Jalad. (Saiba mais).

Um sonho da comunidade bonitense, que vai ficar para 2023, mas foi acordado e planejado ainda neste ano, foi o Anel Viário. Ao todo, serão mais de R$ 27 milhões de investimentos garantidos pelo governador Reinaldo Azambuja. De acordo com o prefeito Josmail Rodrigues a obra vai mudar a realidade do município.

O Estado também está investido na pavimentação urbana, entre os destaques deste ano está a Vila América, também conhecida como Bairro Atlântico, que será beneficiada com a pavimentação, drenagem e serviços de contenção de assoreamento em locais determinados. A obra será financiada pelo Governo do Estado, no valor de R$ 5.936.271,94. (Saiba mais)

A Reforma das Escolas Estaduais Luiz da Costa Falcão e Bonifácio Camargo Gomes (BCG), apoio na construção de moradias de populares, entrega da arena poliesportiva e estruturação do Aeroporto Regional de Bonito, com a certificação pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) da operação das Estações Prestadoras de Serviços de Telecomunicações e de Tráfego Aéreo (EPTA), da Secretaria de Estado de Infraestrutura, instalada no local, permitindo na prática, a comunicação via rádio, auxiliando pousos e decolagens no Aeroporto Regional de Bonito, foram também realizadas em 2022.

Retrospectiva: Investimentos estaduais somam mais de R$ 300 milhões com destaque para pavimentação de rodovias

Notícias Relacionadas

Bonito está sob alerta de chuvas intensas até às 18 horas de terça-feira

A Capital do Ecoturismo de Mato Grosso do Sul está sob alerta de chuvas intensas, entre 30 e 60...