Tradicional Festa de Reis do Distrito Águas do Miranda acontece neste final de semana

Últimas Notícias

A 33ª edição da tradicional Festa de Reis do Distrito Águas do Miranda acontece neste final de semana, entre os dias 7 e 8 de janeiro. O evento é realizado pelos católicos da comunidade e pela Associação Negra Quilombola Ribeirinha do Distrito, com a participação e colaboração dos moradores locais e da área rural da região, com apoio da Prefeitura de Bonito.

A festa faz parte do calendário cultural de Bonito desde 2012. A programação do evento conta com shows, gastronomia, torneio de futebol, celebrações religiosas, com procissão e missa.

Nesta edição, a Prefeitura de Bonito apoia com segurança do evento com a Guarda Municipal, Ambulância com equipe médica, barracas, tendas, Banheiro Ecológico adquirido com recurso próprio no valor de R$ 35.000,00, iluminação do evento; já no Torneio de Futebol de Reis a Prefeitura cedeu, equipe de arbitragem, troféu, medalhas e bolas.

“Gostaria de parabenizar toda a organização deste evento tão importante para o calendário cultural do nosso município, a Prefeitura fez de tudo para atender a organização do evento naquilo que foi solicitado em tempo hábil. Neste ano tive a alegria de cooperar com a festa fazendo uma doação pessoal. Que essa tradição seja mantida e que nunca acabe, contem comigo sempre, e com o apoio da prefeitura de Bonito” destaca o prefeito Josmail Rodrigues.

História da Festa

Localizada a 70 quilômetros do município de Bonito, a Comunidade Quilombola Ribeirinha Águas de Miranda, do distrito Águas de Miranda, certificada pela Fundação Cultural Palmares em 2012, realiza há mais de 30 anos, a Folia de Reis ou Festa dos Santos Reis. A festa, que reúne cerca de 1.000 pessoas, no primeiro ou segundo final de semana de janeiro.

Inicialmente foi organizada apenas pela família Modesto, vinda da Bahia para o antigo Mato Grosso, e que mantinha a tradição há cerca de 100 anos, de pai para filho. A família Modesto continua presente na continuidade da folia, que tem como “Mestre da Bandeira” seu patriarca, Amarílio Modesto da Silva.

Durante a programação da festa ocorrem diversas atividades, como celebrações religiosas – com procissão e missa – shows, churrasco e torneio de futebol. Canções tradicionais e instrumentos musicais acompanham os grupos formados pelos três reis magos (representações), palhaços (bastiões) – com máscaras e apitos, que marcam a chegada e a partida da bandeira – rainha, coro, mestre (ou embaixador) e bandeireiro ou alferes da bandeira.

Notícias Relacionadas

Bonito está com inscrições abertas para Corrida do Trabalhador

No dia 1º de maio a Prefeitura de Bonito realiza a Corrida do Trabalhador 2024 em duas modalidades, 5k...