Sobre o tempo da natureza e nossa vontade de sempre ter mais

Últimas Notícias

Havia um tempo na época dos nossos avós ou tataravós (não sei por certo), naquela época onde não havia a tecnologia como nós conhecemos hoje, as coisas se propagavam organicamente, no boca a boca, olho no olho.

Aquela época onde as pessoas ainda se relacionavam na vida real (essa vida da matéria e corpo físico) e não na vida virtual, se queríamos falar com alguém tínhamos que ir na casa da pessoa, fora isso não era possível vê-la.

Quando me lembro de tempos atrás, lembro da minha infância e de onde fui criada, em pleno contato com a natureza no meio de chácara (sabe que para um criança uma chácara é um lugar enorme para se morar) pois então, naquela época não me preocupava em TER eu apenas existia, estava ali no momento presente.

Conforme vamos crescendo, a vida começa a cobrar padrões de comportamentos, que outrora foram impostos e vamos querendo TER

e o SER vai sendo deixado de lado…

A busca desenfreada do ser humano para ter sempre algo além, do que está ao seu alcance faz-nos desperceber os padrões de vida e perfeição da natureza em si, criamos coisas que nos mantêm “ocupados” o dia inteiro e a roda dos ratos continua a girar.

Sempre em frente, buscando algo que não sabemos nem por certo o que é…

…na natureza nada acontece fora do tempo que têm que acontecer, a chuva cai no momento certo, o céu azul se vai para a noite chegar, nossa falta de conexão com a natureza nada mais é do que a falta de conexão com nós mesmo em essência

ficamos artificiais

Criamos máquinas artificiais, relações superficiais, carreiras, negócios, vida inteiras perdidas na busca…

(do que mesmo ?)

Ninguém sabe, o que busca de verdade !

Mas por que estou falando tudo isso?

PRESENÇA

Olhar para o presente e agradecer pelo agora, nada mais justo do que brindar a vida e aproveitar umas das poucas coisas que de fato nos pertence o sentimento de estar vivo hoje!

Do Pantanal para o mundo: Aíla Christy é nascida e criada em Miranda/MS graduada em Geografia (UFMS) e Pedagogia (UNIGRAN) possui mestrado em Recursos Naturais também pela UFMS e mestrado em Reiki (técnica milenar de harmonização mental, emocional, espiritual e física) realiza atendimentos holísticos terapêuticos com o Reiki, bem como cursos e palestras, e atua como Professora na cidade de Campo Grande/MS, seu propósito é contribuir com  a regeneração do planeta nas suas mais variadas formas.

Notícias Relacionadas

Sobre escolhas e renúncias

Aquela máxima de que toda escolha gera uma renúncia é real? Na verdade não sei... ... mas me questiono, pois recentemente...

Relações de Trabalho

Sobre depressão…

Sobre o Dia do Assistente Social

Como fluir com o rio da vida