Uma nota sobre o ciúme

Últimas Notícias

O ciúmes é um sentimento comum, sentido por todos. Podemos sentir ciúmes das pessoas que temos um laço afetivo mais forte, ou seja, o ciúmes pode estar presente em qualquer tipo de relação(pai, mãe, irmãos, amigos, namorados..), porém se fala mais sobre o ciúmes romântico, que se refere ao relacionamento amoroso.

Mas, afinal, o que é o ciúmes romântico ?

De todas as definições que já li, esta é a mais completa: “Ciúmes romântico  é o sentimento de apreensão que cultivamos relacionado a possibilidade de sermos abandonados, rejeitados, menosprezados, ou ainda, de haver uma infidelidade em andamento, é o receio de não mais sermos importantes; é o medo de não sermos mais amados; o medo de não possuirmos ou sermos donos de alguém; enfim, é o medo da solidão associado ao abandono do parceiro”

Alguém se identifica? Acredito que 99,9% das pessoas que estão lendo se identificam, afinal, é um sentimento comum.

A diferença se o ciúmes é saudável ou não, está na intensidade. Se, você ou o seu parceiro fica desconfiado, e isso faz com que haja muito controle e obsessão no relacionamento, ao ponto de proibição ao sair, questionamentos o tempo todo de onde o parceiro está e com quem, agressões físicas e verbal, enfim, este tipo de ciúmes é patológico e precisa de ajuda profissional para elaborar.

O ciumento, em alguns casos já foi traído, e cuida incansavelmente para que isto não aconteça novamente,  acabando por vez tendo comportamentos não saudáveis na relação. É como se ele não acreditasse que fosse merecedor da fidelidade (baixa autoestima), e, por vezes possui a crença de que será traído, tendo comportamentos que farão com o seu parceiro o traía, confirmando assim o pensamento de que “sempre vou ter traído”.

O que você acredita influência diretamente em seu comportamento, por isso é importante a ajuda profissional para entender os comportamentos, as crenças limitantes, os valores e vivências que fizeram com que o ciumento se torne ciumento em um nível não saudável,  que acaba prejudicando o seu relacionamento.

O saudável é ter uma relacionamento leve, se isso não está acontecendo procure ajuda profissional, psicoterapia individual ou de casal. Cuide da sua relação.

 

Adini Kecy Matias Costa, é psicóloga graduada pela Universidade Anhanguera-Uniderp Matriz, em 2017, em Campo Grande/MS, pelo método PBL (Projects Based Learning) em que a aprendizagem é realizada a base de problemas, sendo o modelo Internacional de inovação de ensino, utilizado pelas melhores Universidades do mundo, como a Harvard e a Massachusetts Institut of Technology (MIT). Atualmente atua na área clínica, no Instituto Carol Valdes, em Campo Grande, atendendo crianças, adolescentes e adultos, focando na qualidade de suas relações e no alívio de sua dor interna.

  • Os artigos publicados pelos colunistas são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam as ideias ou opiniões do Bonito+

Notícias Relacionadas

Apesar de tudo, as noites no sertão ainda são belas

Por Tania Maria Pellin Visconde de Taunay, Engenheiro Militar, Historiador, participou da Guerra do Paraguai destacado para a Comissão de...

Amor de Primavera

Bonito, Capital do Biquíni!

Não deu tempo

Drible a seta, ou perderás a razão!