Humildade

Últimas Notícias

Por Tania Pellin

(Parte 1)

Humildade, de fato a entendemos? Ficamos equivocados quando indagamos sobre seu significado. Humildade, qualidade de quem é humilde. Fácil responder, mas, somos realmente humildes?  Mas quem é provido de tal virtude?

Será que saberíamos responder com precisão o significado de tal questão? Ou faríamos uma breve pesquisa em busca de respostas. É uma palavra que vem do latim humilitas, usada desde a antiguidade faz parte do dialeto de variados povos/civilizações. A palavra grega que a originou foi húmus, significa terra, chão. O chão te sustenta, logo a humildade também deveria te sustentar. Reconhecer sermos iguais, Cristo deu exemplo, Não há judeu nem grego, escravo nem livre, homem nem mulher; pois todos são um em Cristo Jesus” (Gálatas 3.26-28).

Para a Filosofia a virtude central da vida (Immanuel Kant) ou ainda, uma falsa virtude (Nietzsche). Manoel de Barros no Apanhador de desperdícios, respeita mais as coisas desimportante, dá mais respeito às que vivem de barriga no chão, Manoel dava mais importâncias as coisas simples porque tinha abundancia de ser feliz e seu quintal era maior que o mundo.

Se a felicidade superabunda e você valoriza seu quintal, então és feliz e a humildade sua qualidade. Façamos aqui uma breve ilustração:

Em um clã de determinada etnia, um idoso sentado junto a uma pedra, observada o singelo deslizar das águas no leito de um determinado rio. Junto dele chega um pequeno estudante. Este tinha algumas tarefas a cumprir. Ao se aproximar, observa o ancião que na sua simplicidade estava a algumas horas naquele lugar. O pequeno, com papel em mãos não hesita em fazer a pergunta que trazia anotado, e pergunta ao ancião do clã, o que é ser humilde? O ancião, suspira, observa o correr das águas e calmamente começa a exemplificar: humildade meu pequeno, dizia o ancião é você reconhecer que errou, quem nem sempre está certo. É você renunciar algo que tanto deseja para alegrar alguém que possui menos que você, é saber assumir suas responsabilidades sem fumaças, sem fazer barulho. Ela está em você, basta olhar para suas raízes, de quem veio. O que valorizamos. Olhe a sua volta, nesta terra, o que plantamos colhemos. Terra fértil. Você pequeno curumim, está enraizado aqui, tudo que passamos a você, os conhecimentos, a vivencia, enfim, tudo está interligado, se vives com um povo que preserva a verdade, a união, com este povo aprenderá a valorizar a vida e tudo que tens, são princípios. Ser humilde é crescer sem bloquear o desenvolvimento do outro, é saber que estamos aqui de passagem e, precisamos preservar o que temos para a geração vindoura. O garotinho apontou tudo rapidinho. Tarefa executada.

Para Santo Agostinho, a humildade é uma das principais virtudes, relaciona-se a nossa fragilidade perante o mundo e com ela nutrir nosso potencial humano, nos ensina a observar a árvore, ” A fim de crescer para cima, primeiro cresce para baixo. Primeiro, finca raiz na humildade da terra para depois lançar suas grimpas ao alto céu (Sermões de Santo Agostinho).

Antes de perguntar para você, pergunto a Tania Maria se ela é humilde, bem, respondo que humildade é iluminação divina e as vezes me falta luz.

Para você também falta luz ou sua existência é uma estrela?

Humildade, humildade, abre as asas sobre nós, vamos calçar as sandálias do pescador.

Tania é graduada em Pedagogia pela Faculdades Integradas de Naviraí –
FINAV, em 1996, Naviraí/MS. Especialista em Psicopedagogia pelo Centro
Universitário da Grande Dourados – UNIGRAN, em 2007, Dourados/MS. Atua como
professora na Fundação Lowtons de Educação e Cultura – FUNLEC/ Bonito/MS.

Notícias Relacionadas

Bonito é ser bonitense!

Por Tania Pellin Entre tantos lugares que encantam pela beleza, é aqui neste pedacinho do paraíso que habitamos. Bonito das...

Educação se faz com amor

Bonito – fascinante e sedutor

Primavera! Ouse encantar!

Humildade