Presidente do Banco do Brasil renuncia

Últimas Notícias

O presidente do Banco do Brasil, André Brandão, renunciou ao cargo. O anuncio foi feito agora à tarde. Brandão é ligado ao ministro da Economia Paulo Guedes mas vinha se desentendendo com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) desde janeiro. À época, André Brandão havia anunciado o fechamento de diversas agências do Banco do Brasil, o que irritou o presidente.

A saída de Brandão tem efeitos a partir de 1º de abril.

André Brandão tomou posse como presidente do BB em 22 de setembro de 2020, em substituição a Rubem Novaes. A saída de Novaes, por sinal, causou turbulência no mercado em meio ao anúncio inesperado. Contudo, houve uma maior tranquilidade em meio às informações sobre o seu sucessor.

Brandão veio do HSBC, onde estava desde 2003; o CEO atuava como chefe global da instituição para as Américas. Desde que vendeu o banco de varejo para o Bradesco, em 2016, o HSBC atua no Brasil apenas como banco de investimento. Antes de chegar ao HSBC, ele permaneceu mais de dez anos no Citibank (outra instituição que, recentemente, saiu do segmento de varejo no País, ao ser adquirida pelo Itaú Unibanco). Entre os planos, prosseguir com a digitalização e aumentar a eficiência do banco estatal.

Contudo, as medidas para aumentar a eficiência acabaram levando à saída do CEO, após um 2021 marcado por especulações sobre a saída do executivo.

 

Com informações do InfoMoney

Notícias Relacionadas

Investimento de R$ 674 milhões reforça sistema de energia e acompanha crescimento de MS

Somando investimentos e manutenção de estrutura operacional, a projeção é que mais de R$ 1,27 bilhão sejam injetados Mato Grosso...