UGENTE: Santa Casa alerta falta de medicamentos para pacientes intubados

Últimas Notícias

Em nota oficial publicada neste sábado, 03, a Santa Casa de Campo Grande alerta para o baixo estoque de medicamentos para pacientes intubados. Segundo a Nota Pública da instituição, “a situação mais crítica é a do medicamento Rocurônio, que faz parte do kit intubação. O estoque neste sábado, 3 de abril, é de apenas 116 ampolas de Rocurônio, sendo que o consumo médio diário é de 250 ampolas”.

O documento destaca ainda que a última distribuição de remédios a hospitais públicos de Mato Grosso do Sul, feita pelo Governo de MS no dia 1º de abril, não contemplou a Santa Casa.

Segundo apuração feita pelo site Campo Grande News, em Campo Grande, o Governo do Estado distribuiu, na quinta-feira, 1º,  3.525 ampolas de Rocurônio para os hospitais Regional, El Kadri, Adventista do Pênfigo e Clínica Campo Grande.

A nota da Santa Casa diz ainda que o hospital é o único “de Campo Grande a receber pacientes graves não-covid do SUS. Além disso, atendendo à necessidade do poder público, s Santa Casa designou 120 leitos exclusivos para atendimento aos pacientes suspeitos ou positivos da covid-19”

“Estamos enfrentando o pior momento da pandemia”, diz a Santa Casa, ao pedir ajuda.

“Conclamamos a quem possa nos ajudar. A responsabilidade social é de todos”, diz a nota da instituição.

Segundo dados do Governo de MS, a lotação de leitos de UTI covid em todo o Mato Grosso do Sul cegou a 105,6% neste sábado.

Nota Pública emitida pela Santa Casa.

Notícias Relacionadas

Investimento de R$ 674 milhões reforça sistema de energia e acompanha crescimento de MS

Somando investimentos e manutenção de estrutura operacional, a projeção é que mais de R$ 1,27 bilhão sejam injetados Mato Grosso...