Educação se faz com amor

Últimas Notícias

                                                                                       Tania Maria Pellin

A alegria em estar no Magistério, um sonho conquistado. Penso ter nascida com a vocação de ser professora, já trouxe comigo o desejo de ensinar, envolver, orientar. Lembro-me com carinho como tudo começou, as orientações dos educadores que estiveram comigo no período preparatório, o banco da escola, os colegas, e posso dizer com certeza, foram os melhores, e me ajudaram a ser esta mulher a qual me tornei.

Quando criança em Lagoa Vermelha – RS, chorava para ir à escola, mesmo sabendo que pisaria no gelo formado pela ação do orvalho nas gramíneas, até escutava o barulho do gelo quebrando a meus pés, Crack! Crack. Mal sabia que um dia ministraria aulas para alunos da Escola Municipal João Alves da Nóbrega, que também enfrentariam sol, chuva e frio para estarem presentes em minhas aulas. Sem conhecer Cora Coralina, parecia ouvir seus poemas, “O saber a gente aprende com os mestres e os livros. A sabedoria, se aprende é com a vida e com os humildes”. Assim, aprendi com os livros, os mestres, a simplicidade e humildade dos meus pais, Ana e Aníbal. Aprendi para depois ensinar.

Nesta jornada, as vezes é você quem precisa de um carinho, e do nada uma criança lhe sorri, levando-lhe uma flor, receber daquelas mãozinhas uma flor, que muitas vezes foi retirada do jardim de alguém, ou um biscoito, um recadinho do coração, te renova. Este simples e verdadeiro gesto, nos rejuvenesce, e pronto, a atitude dessa pequena criança, que traz nos olhos o brilho e o encantamento, também te encanta. Ah, como isso tudo nos pegava de surpresa em dias tristes, onde as vezes faltava a esperança.

Mas não sou única, existem milhões de professores no Brasil, dezenas, talvez centenas em Bonito, a começar pela nossa decana Durvalina Dorneles Teixeira. Segundo relatos da própria Durvalina ao Theodorico de Góes Falcão, num só dia fez mais de setenta matrículas, professora quanta falta nos faz, as vezes não conseguimos trazer um aluno sequer para os bancos escolares, imagino que nos falta a fibra de Durvalina e o carisma da Professora Esther Coelho Taveira, ah professora Esther seu sorriso e alegria nos encanta, mesmo depois de ter trabalhado como professora por 40 anos nas Escolas Falcão e BCG.

Professoras Tania Maria Pellin e Esher Coelho Silveira

Manoel de Barros, na Didática da Invenção nos ensina que o esplendor da manhã não se abre com faca, onde a voz tem que fazer nascimentos, para o professor o futuro se faz com Educação e educação se faz com amor.

Para Manoel de Barros, Com certeza a liberdade e a poesia a gente aprende com as crianças, nós professores também aprendemos com as crianças, elas nos ensinam o mundo de Manoel e Ele  nos ensina a inventar mundos, ler as borboletas e ouvir o azul, ensinar é se reinventar todos os dias, quantas reinvenções iluminaram a Professora Esther Coelho Taveira nestes 40 anos de Magistério.

E assim, com as lições da Professora Durvalina Dorneles Teixeira e Esther Coelho Taveira, presto homenagens aos meus colegas professores, agradeço cada sorriso dos meus alunos, a confiança dos pais, sem deixar de dar reverencias ao Professor Odinel de Arruda Soares, Funlequiano e eterno Diretor da Escola Estadual Bonifácio Camargo Gomes.

Aprendemos com mestres e educadores, aprendemos com Durvalina Dorneles Teixeira, Esther Coelho Taveira e Odinel Arruda Soares.

 

Tania é graduada em Pedagogia pela Faculdades Integradas de Naviraí –
FINAV, em 1996, Naviraí/MS. Especialista em Psicopedagogia pelo Centro
Universitário da Grande Dourados – UNIGRAN, em 2007, Dourados/MS. Atua como
professora na Fundação Lowtons de Educação e Cultura – FUNLEC/ Bonito/MS.

Notícias Relacionadas

Bonito é ser bonitense!

Por Tania Pellin Entre tantos lugares que encantam pela beleza, é aqui neste pedacinho do paraíso que habitamos. Bonito das...

Bonito – fascinante e sedutor

Primavera! Ouse encantar!

Humildade

Humildade