Foragido preso na casa do avô era procurado por esconder 2 toneladas de maconha

Últimas Notícias

O homem preso na noite de sábado (30) em frente a casa do avô era procurado pela polícia por tráfico de droga. Ele virou alvo de investigação depois de uma apreensão de duas toneladas de maconha em Rio Verde do Mato Grosso, região norte do Estado, no dia 26 de novembro do ano passado.

Conforme divulgado pela polícia, o suspeito faz parte de uma organização criminosa especializada no tráfico. Em novembro, a Delegacia de Polícia Civil de Rio Verde encontrou as duas toneladas de maconha enterradas em uma área da zona rural do município e iniciou as investigações contra o grupo criminoso.

O rapaz, que não teve o nome divulgado, foi um dos nove envolvidos no crime que foram identificados e teve a prisão preventiva decretada pela justiça. Para encontrá-lo, policiais civis das delegacias de Bonito e Jardim passaram a monitorar a casa de parentes do suspeito, já que havia informações de que ele estava em Guia Lopes da Laguna escondido na casa do avô.

Na noite de sábado ele foi visto ao sair da casa do avô e acabou preso. Diante da suspeita de que o investigado poderia estar escondendo “objeto ilícito” resolveram vistoriar a residência também.

Os policiais foram recebidos pelo proprietário, o idoso de 86 anos. Ele contou que guardava uma arma calibre 38 no quarto e entregou o revólver, que estava municiado, aos investigadores. Ele apresentou também um Certificado de Registro Federal de Arma de Fogo, mas o documento estava vencido desde 2010.

Por conta disso, o revólver foi apreendido e o idoso indicado como suspeito do crime de porte ilegal de arma.

Notícias Relacionadas

Lei seca e toque de recolher a partir das 20 horas são algumas das medidas válidas em Bonito a partir de hoje

serviços de delivery relacionados a quaisquer atividades, serviços e empreendimentos mesmo não classificados como essenciais estão autorizados A partir desta...