Aulas em Jardim serão com 3 turmas por turno e uso até de óculos de proteção para funcionários

Últimas Notícias

O Conselho Municipal de Educação de Jardim aprovou nesta segunda-feira (1º) o protocolo de volta as aulas gradual elaborado pela Secretaria Municipal de Educação e confirmou as diretrizes que vão guiar estudantes e professores a partir do dia 31 de março. Entre as medidas, ficou definida a presença de três turmas por turno, com horários diferentes de entrada e uso obrigatório de máscara para todos. Os professores precisarão até de óculos de proteção.

Para evitar a disseminação da Covid-19 entre os jovens e os educadores, o documento assinado ontem pela comissão determina que as aulas continuem forma remota, mas com plantões presenciais para os alunos tirarem, com tempo reduzido e respeitando o número máximo de estudantes por turma.

Justamente por isso, ficou determinado um limite de duas a três turmas por dia no ensino presencial, o uso obrigatório de máscara e distanciamento de 1,5 metro entre as cadeiras. Os alunos não poderão chegar com antecedência, nem permanecer na escola após o término de seu horário de atendimento, que é de duas horas por dia.

Cada turma também terá horário diferente para a entrada, no período matutino os alunos chegarão às 7 horas, às 7h30 e às 8 horas. De tarde as aulas começam às 13 horas, 13h30 e 14 horas. O protocolo ainda determina que no intervalo dos períodos todas as salas usadas devem ser higienizadas.

Professores e funcionários deverão manter distância de 1,5 metro dos alunos e aqueles que tiveram contato com as turmas, além das máscaras, usarão óculos de proteção.

Além das regras gerais, o documento também traz especificações por escola. Na Estácio Cunha Martins, por exemplo, os dias e horários de atendimento deve levar em consideração a rota do transporte escolar. A divisão então foi definida por rota: na segunda-feira as aulas são para alunos da linha reta, na terça-feira os da comunidade local, na quarta-feira: Atenderá os estudantes da Fazenda Vale do Sol (Antigo Boqueirão) e na quinta-feira os da Fazenda Rosário/Itaverá.

O período de permanência na escola também será diferente, das 13h às 16h. O intervalo será controlado para evitar aglomeração e o lanche oferecido dentro da sala de aula. Segundo a secretaria de educação, as cozinheiras do colégio receberão um manual sobre “Boas Práticas para Retorno das Atividades e Alimentação e Nutrição Escolar (COVID19) ”.

Ainda conforme o protocolo, todos os funcionários passarão por treinamento e capacitação antes de iniciar os atendimentos presenciais, para garantir o cumprimento das medidas de prevenção do plano de biossegurança. As escolas também serão desinfetadas pela vigilância sanitária antes do retorno das aulas e caso houver algum caso positivo, uma nova desinfecção será feita.

Professores, funcionários, alunos e pais de alunos que tiverem contato com casos positivos de Covid-19 ou viajado para outro estado, deverão ficar em isolamento domiciliar antes de retornarem as escolas. Clique aqui e confira todos os detalhes do Protocolo de Volta as Aulas Gradual.

Notícias Relacionadas

Número de visitações cresce e de janeiro a agosto, 100 mil pessoas passaram por Bonito

O turismo em Bonito (MS) vai aos poucos, recuperando as forças e voltando a ser o destino queridinho não...