Miranda passa a exigir comprovante de residência para vacinar contra Covid

Últimas Notícias

Depois de ter vacinado  497 pessoas no primeiro dia em que mudou a faixa-etária para 35 anos e com o aumento da procura pela vacina contra a Covid-19, desde este sábado, 12 de junho, a Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento de Miranda decidiu passar a exigir comprovante de residência para quem for se vacinar.

O objetivo seria evitar o chamado “turismo da vacina” com pessoas de outros municípios se deslocando para o município a fim de tomar o imunizante, tirando, assim a vez de mirandenses serem vacinados.

Ao mudar a faixa etária para 35 anos, a Prefeitura transferiu a vacinação contra Covid para o Ginásio de Esportes: aumento da demanda. FOTO: Luciano Justiniano / Ascom Prefeitura

Desde a quinta-feira,  10, a cidade optou por diminuir a faixa etária e mudou o local de vacinação para o Ginásio de Esportes Guilherme Maidana, que fica no final da Avenida João Pedro Pedorssian, nos bairros altos.

Neste sábado o movimento e tranquilo, com distribuição de senhas para vacina até as 14h. Durante a semana, segundo a Secretaria de Saúde, continuará a vacinação para pessoas a partir de 35 anos.

Notícias Relacionadas

Depois de sete meses, Miranda vai retomar cirurgias eletivas no hospital municipal

Sem pacientes internados com Covid-19 e com números da pandemia em queda no município - atualmente, segundo o boletim...