Mirandenses recebem regularização de casas do antigo Previsul em agosto

Últimas Notícias

Para realizar o sonho de muitas famílias, o governo do Estado iniciou a regularização das casas do antigo Previsul (Instituto de Previdência Social de Mato Grosso do Sul), que está sendo feita pela Agehab (Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul). O cronograma prevê mais seis cidades neste mês de julho. Em Miranda e nas cidades vizinhas, as entregas estão previstas para agosto.

Já foram feitas as regularizações das casas nos municípios de Amambai, Ivinhema, Selvíria e Três Lagoas. Para este mês de julho já estão previstas as entregas nas cidades de Nova Andradina, Rio Brilhante, São Gabriel do Oeste, Rio Verde de Mato Grosso e Coxim. Para o começo de agosto estão marcadas as ações em Miranda, Corumbá, Anastácio e Aquidauana.

Famílias beneficiadas

A lei sancionada pelo governador Reinaldo Azambuja autoriza a Agehab a regularizar contratos firmados entre beneficiários e o extinto Previsul.

Esta medida vai beneficiar  644 famílias em Mato Grosso do Sul, ao conceder o perdão de todo o saldo devedor dos mutuários titulares de contratos que não integram a cessão de ativos imobiliários realizada pelo Estado para o Banco UBS Pactual S/A, em 15 de dezembro de 2006.

O governador afirmou que esta regularização garante a legitimidade das propriedades para estas famílias.  “A casa própria dá dignidade à família e melhora a qualidade de vida. A lei visa efetivar o princípio de igualdade, a fim de cessar ou reduzir as injustiças ocorridas ao longo do tempo”, destacou Reinaldo Azambuja.

O secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel, está participando das entregas dos documentos nos municípios. “É uma lei que libera a hipoteca e a caução. Isso é liberdade para essas pessoas que agora têm um bem, um patrimônio. É uma vitória, considerando que tem famílias que há 30 anos aguardam por isso”, pontuou.

O Previsul oferecia além do serviços previdenciários outros benefícios à população como assistência médica e odontológica e financiava imóveis aos servidores públicos na década de 80. Quando ele deixou de existir, sua carteira imobiliária foi incorporada ao patrimônio do Estado do Mato Grosso do Sul.

Com Portal do MS

Notícias Relacionadas

Adolescente é apreendido por praticar diversos furtos em comércios de Miranda

Um adolescente de 16 anos foi apreendido na manhã desta quarta-feira (15) após invadir dois comércios de Miranda e...