Sexta extinção em massa e o que nós temos a ver com isso?

Últimas Notícias

Do Pantanal para o mundo: Aíla Christy é nascida e criada em Miranda/MS graduada em Geografia (UFMS) e Pedagogia (UNIGRAN) possui mestrado em Recursos Naturais também pela UFMS e mestrado em Reiki (técnica milenar de harmonização mental, emocional, espiritual e física) realiza atendimentos holísticos terapêuticos com o Reiki, bem como cursos e palestras, e atua como Professora na cidade de Campo Grande/MS, seu propósito é contribuir com  a regeneração do planeta nas suas mais variadas formas.

Estamos agora enfrentando a sexta extinção em massa, Sim querido s leitorxs isso é real! Mas acontece que mesmo assim nós não abrimos os olhos para enxergar um pouco além do nosso próprio umbigo. A espécie homo sapiens, mas conhecida popularmente por “ser humano” se gaba de ser altamente inteligente e racional perante aos outros habitantes deste planeta, mas não consegue de fato perceber uma coisa tão simples, que a sua ignorância disfarçada de ego o impede de perceber, nós estamos nos afundando na areia movediça, estamos afundando o barco em oceanos de lixo, estamos depredando nossa casa, nosso lar, nossos recursos de subsistência e junto com o nosso tão famigerado poder, estamos levados todas as outras espécies conosco.

Mas calma lá! Olha só…

… se têm um coisa que eu aprendi fazendo a faculdade de Geografia e depois o mestrado em recursos naturais é de que o planeta terra não vai para lugar nenhum, e que a vida por aqui irá sim prosperar e pode seguir MUITO BEM sem nossa espécie, a prova disso é a pandemia que escancarou na nossa cara, animais e vegetais muito felizes ocupando as cidades do mundo afora enquanto nós seres humanos estávamos entocados dentro dos nosso cubículos minúsculos por conta do câncer global chamado corona vírus.

O que acontece é que nós nos achamos tão inteligentes mas não vemos o óbvio! Quem está se ferrando com nosso estilo de vida somos nós mesmos.

Mas calma querido leitor, eu não acho que a culpa é toda sua, eu tenha certeza que a culpa é de MUUUITA gente e por isso estou aqui escrevendo, para te ajudar a sair da ignorância.

Vocês sabiam que a maioria do dinheiro e poder do mundo está nas mãos de menos de 1% da população mundial, enquanto os outros 99% se mata todo dia para sustentar alguns poucos, pois é ainda bem que a tecnologia está aí quebrando as barreiras e fazendo com que nós pequenos mortais tenhamos acesso à informação na palma da mão (vulgo celular). Mas é aí que mora o perigo, só a informação em si não produz  mudança.Teve uma época em que eu pensava que uma só pessoa não produziria um efeito substancial no sistema para termos algo que de fato fosse concreto  e palpável, mas algo dentro de mim mudou desde aquele tempo atrás. Eu ainda muito jovem queria viver uma vida que fizesse sentindo pra mim, queria viver na prática as coisas que acredito, e via que eu estava toda errada e quebrada por dentro, vivendo uma vida que eu não queria viver, consumindo sem pensar, gerando lixo e mais lixo, estudando o planeta mais não fazia nada para mudar o estado caótico que eu sabia que estava instaurado, eu decidi então que precisava me alinhar – pensamento-palavra & ação, pois eu não agüentava mais ouvir discursos de ciência e mudança e de quem era a culpa sem de fato não termos mudança nenhuma e sem percebermos que a culpa na verdade era de todos nós, pois então eu decidi mudar. Quando eu comecei a mudar meus hábitos e me tornar mais presente na minha vida, consciente das minhas escolhas, lúcida perante a tudo o que eu pensava, falava e agia, todo dia eu buscava (e busco) fazer o meu melhor pensando sempre que minha existência aqui na terra deve ser um legado para os que estão por vir e não um peso inconsciente, egoísta e ignorante.

A minha pergunta queridxs leitorxs para vocês refletirem é a seguinte:

Quando que nós iremos parar de fazer parte do problema e passar a fazer parte da solução?

Porque a grande questão é não existe plano B, não existe fora.

Existe um organismo vivo pedindo socorro pelos atos que nós cometemos!

Regenerar o planeta não é uma tarefa fácil, mas sabe de uma coisa eu prefiro morrer tentando do que me conformar com o status quo, ou normose

E você de que lado está ?

Problema ou solução?

2 COMENTÁRIOS

  1. Isso Aíla, que bom ver você, uma mulher nova para a minha geração se encorajar e escrever mostrando o lado que quer fazer a vida seguir, acredito na transformação pelo caminho do conhecimento e respeito ao que deve ser visto coletivamente, pois como vc disse, nós “homo sapiens” somos seres que dependemos uns dos outros, e tb do meio em que vivemos, daí não é possível e racional a concentração de riqueza nas mãos de tão poucos “humanos”, assim como tb não é admissível a apropriação dos recursos naturais para produzir mais riqueza acumulada para os tão poucos.
    Sua sensibilidade me faz sair do silêncio, me faz acreditar e ter esperança. Vamos cada um fazer um pouquinho na direção da conservação da biodiversidade, seja ela do meio ambiente ou de nós mesmos, dos nossos modos e costumes, tb estes precisam muito serem transformados.
    Um bjo carinhoso pra vc, parabéns pela tua identidade de causa explicitada neste texto que vc escreve.

Notícias Relacionadas

Sobre escolhas e renúncias

Aquela máxima de que toda escolha gera uma renúncia é real? Na verdade não sei... ... mas me questiono, pois recentemente...

Relações de Trabalho

Sobre depressão…

Sobre o Dia do Assistente Social

Como fluir com o rio da vida