Bonito, Guia Lopes, Miranda e Nioaque ganham 1 hora a mais no toque de recolher

Últimas Notícias

Bodoquena e Jardim permanecem com restrição a partir das 22 horas

A partir desta quinta-feira (11), Mato Grosso do Sul passa a ter dois horários de toque de recolher, conforme a situação epidemiológica de cada município. Conforme decisão estadual, as cidades que estiverem com bandeira vermelha ou cinza na classificação do Prosseguir, permanecem com a restrição entre as 22h e as 5 horas. Já os municípios que estiverem com bandeiras verde, amarela e laranja, terão o toque de recolher ampliado para 23h as 5 horas. Os municípios têm autoridade para decidir se querem manter o horário mais restritivo.

Bonito, Guia Lopes da Laguna, Miranda e Nioaque são alguns dos 49 municípios que conquistaram ampliação no horário, devido a classificação laranja, passando para as 23 horas. Bodoquena e Jardim estão na bandeira vermelha e permanecem com o toque de recolher a partir das 22 horas.

Conforme o último boletim divulgado pela Prefeitura de Jardim, a cidade já registrou 678 casos de Covid-19 e 10 morte pela doença. Ainda há 10 pessoas em isolamento domiciliar e três internadas – dois na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Marechal Rondon e um no Hospital Unimed Campo Grande.

A última vítima da doença no município morreu na segunda-feira (8). Ela tinha 85 anos e sofria de doença renal crônica. Já em Bodoquena tem um total de 105 casos confirmados.

A determinação consta no Decreto 15.604, que foi assinado pelo governador Reinaldo Azambuja e pelo secretário Geraldo Resende (Saúde), e será publicado no Diário Oficial.

Conforme o documento, a restrição valerá por 15 dias, a partir da publicação, prevista para amanhã (11). É possível verificar o status de cada município por meio do site da Secretaria de Estado de Saúde (www.saude.ms.gov.br), na opção Prosseguir.

Criado em junho, o Prosseguir é o principal instrumento de tomada de decisões com os municípios. O programa classifica os municípios em faixas de cores, de acordo com o grau de risco que cada cidade apresenta, e traz recomendações de medidas no âmbito da Saúde Pública, de Serviços Públicos e do Social para nortear os agentes públicos nas ações de combate à propagação da Covid-19.

Vale lembrar que, além do toque de recolher, continuam proibidas atividades que possam acarretar aglomeração de pessoas em espaços públicos e privados de uso coletivo durante os dias 12 a 17 de fevereiro.

Matéria editada às 20h00 para acréscimo de informações

Notícias Relacionadas

Com premiação de R$ 10,8 mil, Prêmio Inova UEMS está com inscrições abertas

A segunda edição do Prêmio Inova-UEMS está com inscrições abertas até 14 de julho deste ano. Idealizado pela Pró-Reitoria...