Para Mandetta, “procura-se médico que negue a ciência” para assumir Ministério da Saúde

Últimas Notícias

“Tem uma placa de emprego lá: procura-se médico, de preferência que negue a ciência,  que seja responsável pelas mortes, e que vá ser execrado no final. E com a garantia de apoio do Centrão”. A declaração é do ex-ministro da Saúde, Henrique Mandetta e foi dada durante entrevista  à Rádio CBN na manhã desta segunda-feira, 15.

Mandetta comentou a possível saída do atual ministro Saúde, Eduardo Pazuello, do cargo. “Eu acho que ele nunca foi Ministro da Saúde”, afirmou Mandetta.

O ex-ministro afirmou que não adianta a troca de ministros se o Governo não adotar uma postura diferente diante da pandemia. “Pode botar o Prêmio Nobel de Medicina, mas se não houver mudança de atitude do governo, não adianta”, opinou.

Henrique Mandetta criticou ainda o fato de o presidente Jair Bolsonaro defender o uso de cloroquina no que seria um tratamento precoce contra a covid-19.

Notícias Relacionadas

Estudo apoiado pela Fundect gera a 1ª patente do óleo essencial de guavira para uso em cosméticos

De aroma único, a fruta símbolo de Mato Grosso do Sul poderá ganhar nova vida em perfumes, cremes e...