Movimento negro oficializa apoio à candidatura de Simone Tebet à presidência do Senado

Últimas Notícias

A senadora Simone Tebet recebeu documento do Movimento Negro Partidários (MNP) com sugestões de ações afirmativas para a pauta social, na quinta-feira, 28, logo após a coletiva de imprensa na qual ela anunciou a sua candidatura independente.

A senadora tem se reunido com movimentos sociais em busca de propostas que possam dar boas respostas à comunidade brasileira. Ela já se reuniu com mulheres, economistas, profissionais de saúde, cidadãos comuns e agora, com representantes da comunidade negra.

O Movimento Negro Partidários é um Fórum suprapartidário fruto do diálogo entre os segmentos Afro dos partidos políticos brasileiros MDB, PSDB, Cidadania, PCdoB e PSB. Ele surgiu com o intuito de intensificar e fortalecer a pauta racial na agenda política brasileira. O MNP é formado por especialistas nas causas raciais e sociais.

Na ocasião, a senadora disse que a maior mancha do povo brasileiro é o racismo estrutural “que impede que homens e mulheres de bem, independentemente da sua cor, tenham a mesma oportunidade. Esse racismo estrutural faz com que a cara mais pobre do Brasil seja a de uma mulher, negra e nordestina. Faz com que o jovem negros sejam os que mais são assassinados, com que as pessoas quem mais dependem de bolsa família sejam negras”.

A senadora ainda defendeu o empoderamento da mulher e dos negros. E concordou com a decisão do STF de aprovar aplicação de cota financeira para negros nas eleições de 2020 a fim de permitir que negros cheguem democraticamente às instâncias de poder.

Notícias Relacionadas

Após reunião com MPMS, presidente da Assomasul destaca que decreto estadual deve prevalecer sobre municipais

O Procurador-Geral de Justiça do Ministério Público de Mato Grosso do Sul, Alexandre Magno Benites de Lacerda, reuniu-se com...