Durante fiscalização, PMA flagra pescador usando tarrafa no Rio Apa

Últimas Notícias

As fiscalizações nos rios de Mato Grosso do Sul durante o período de piracema continuam e nesta quinta-feira (18) policiais militares ambientais flagraram pescadores usando tarrafas no lado paraguaio do Rio Apa, na região de Bela Vista. Durante o Carnaval várias apreensões foram realizadas na fronteira e também no Rio Paraguai, que está na temporada de pesque-solte.

Segundo a PMA, o Apa é um rio piscoso na fronteira com o Paraguai e envolve atenção especial da fiscalização por ainda está com pouca água, o que deixa os cardumes mais vulneráveis.

Nesta quinta-feira, a equipe avistou um pescador no lado paraguaio pescando com uma tarrafa. Ele estava acompanhado de dois homens, e ao verem a fiscalização abandonaram o petrecho ilegal e fugiu pela barranca do rio no território do país vizinho. A tarrafa e mais cinco anzóis de galho (petrechos proibidos) que o trio iria armar foram apreendidos.

Durante o patrulhamento os policiais ainda cortaram mais 11 anzóis de galho que estavam armados no rio. Conforme a PMA, a presença constante de equipes nessa região é fundamental para evitar a pesca predatória, mesmo com dificuldades de se efetuar prisões devido à facilidade de fuga em território paraguaio.

Na terça-feira, dia 16, os policiais retiraram do rio Paraguai e do Apa e cinco cordas de espinheis com 20 anzóis cada uma e mais 19 anzóis de galho que estavam armados nos cursos d’água. Na mesma data sete embarcações de turismo pesqueiro e pequenas embarcações com turistas, em um total de 25 pescadores, foram alvo de fiscalização do pesque-solte no leito do rio Paraguai. Todos pescavam regularmente.

Notícias Relacionadas

Estado recebe 97,5 mil doses da AstraZeneca para concluir imunização de pessoas já vacinadas

Mato Grosso do Sul recebeu 97,5 mil doses da vacina AstraZeneca na tarde deste domingo (20). A Secretaria de Estado...